COVID-19 - BRASIL: Balanço da semana epidemiológica 50, encerrada em 12 de dezembro.




O primeiro caso confirmado de COVID-19 no Brasil ocorreu em São Paulo no dia 26 de fevereiro, referente à semana epidemiológica nove (SE 09). Desde então, já se passaram 290 dias corridos ou 9 meses e 16 dias.


Desde a primeira semana epidemiológica com registro dos dois primeiros casos (SE 09), houve um crescimento durante 21 semanas consecutivas até atingir o maior valor de incidência desta curta série histórica, ocorrida na semana de 19-25/07, referente à SE 30.


O número de casos começa a cair sustentavelmente por 15 semanas consecutivas, atingindo seu menor patamar no período de 01-07/11 (SE 45). A partir desse momento, retomamos o crescimento de casos de modo sustentável.


O Brasil vem apresentando aumento na incidência e mortalidade desde o início de novembro. Já são 5 semanas epidemiológicas consecutivas de aumento e estamos próximos de ultrapassar o maior valor de incidência que foi 150 casos por 100 mil habitantes no período de 19-25/07 (SE 30).


Também é possível observar que a inclinação do triângulo verde é menor que o vermelho. Isso significa que a velocidade de transmissão nesse momento é superior ao primeiro ciclo de transmissão.

As observações para incidência são as mesmas para a mortalidade.


125 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo